Loading...

terça-feira, março 12, 2019

author photo

Hoje, a pensar em toda a gente que adora viajar, decidimos criar um pequeno artigo com filmes que vão despertar o aventureiro que há em você. Ao todo separamos 5 filmes, todos eles bastante conhecidos do público em geral, mas que, mesmo assim, merecem ser mencionados. Confira:

1. Vicky Cristina Barcelona (Woody Allen, 2008)

Vicky Cristina Barcelona

Vicky e Cristina são as melhores amigas do mundo mas têm atitudes completamente diferentes no que toca ao amor. Vicky é sensata e está noiva de um respeitável jovem. Cristina é sexual e emocionalmente desinibida, sempre em busca de uma paixão arrebatadora. Quando Judy e Mark, parentes distantes de Vicky, se oferecem para recebê-las num Verão em Barcelona, elas aceitam imediatamente: Vicky quer passar o último mês de solteira a pesquisar para o mestrado e Cristina procura uma mudança de cenário para fugir dos destroços da sua última separação. Uma noite numa galeria de arte, Cristina, novamente em forma, instantaneamente fixa o olhar no mais intenso e provocador homem na sala, Juan Antonio, um belo pintor. Cristina fica ainda mais intrigada quando Judy lhe segreda que Juan Antonio teve uma relação tão explosiva com a sua ex-mulher, Maria Helena que até se tentaram matar. Mais tarde, quando Vicky e Cristina estão a jantar, Juan Antonio aproxima-se da mesa delas com uma proposta ousada: voarem com ele numa viagem de fim de semana para a cidade provincial de Oviedo, onde sugere que explorem as maravilhas culturais, bebam bons vinhos, e façam amor juntos. Vicky considera a proposta ofensiva mas Cristina fica encantada com o estilo direto de Juan e com o seu carisma e convence Vicky a acompanhá-los...

2. Eat Pray Love (Ryan Murphy, 2010)

Eat Pray Love

Liz Gilbert é uma mulher moderna que, após o divórcio, decide fazer uma viagem pelo Mundo, de modo a redescobrir-se a si própria. Retira-se do trabalho pelo período de um ano e entra numa zona de risco, de forma a mudar a sua vida. Nos lugares exóticos que visita, ela vive o simples prazer de comer em Itália, sente o poder de rezar na Índia e, inesperadamente, descobre o amor em Bali. Baseado numa história verídica, Comer Orar Amar é uma visão inspiradora do nosso Mundo.

3. One Day (Lone Scherfig, 2011)

One Day

Depois de terem passado, na universidade, o dia da sua formatura juntos – 15 Julho, 1988 – Emma Morley e Dexter Mayhew começam uma amizade que irá durar a vida inteira. Ela é uma rapariga simples cheia de princípios e ambições que sonha transformar o mundo num lugar melhor. Ele é um irresistível playboy que sonha fazer do mundo o seu recreio. Durante as duas décadas que se seguem, momentos chave do seu relacionamento são vividos ao longo de vários dias 15 de Julho das suas vidas. Juntos ou separados, acompanhamos Dex e Em através da sua amizade, discussões, esperanças e oportunidades perdidas, risos e lágrimas. Algures ao longo da sua jornada, estas duas pessoas apercebem-se de que desejam e procuram o que afinal de contas esteve sempre ali. Ao ser revelado o verdadeiro significado do dia que passaram juntos em 1988, ambos entendem a natureza do amor e da própria vida.

4. Into the Wild (Sean Penn, 2007)

Into the Wild

Baseado na história verdadeira de Christopher McCandless, um americano recentemente saído da Universidade e com um brilhante futuro à sua frente. Aos 22 anos, ele opta por prescindir da sua vida privilegiada e partir em busca de aventura. O que lhe acontece durante este percurso transforma este vagabundo num símbolo de resistência para inúmeras pessoas. Era Christopher McCandless um aventureiro heroico ou um idealista ingénuo, um Thoreau rebelde dos anos 90 ou mais um filho americano perdido, uma pessoa que tudo arriscava ou uma trágica figura que lutava com o precário balanço entre homem e natureza?

5. Midnight in Paris (Woody Allen, 2011)

Midnight in Paris

Comédia de Woody Allen que decorre em Paris e conta a história de uma família que viaja até lá em negócios, e de um casal, prestes a casar, que durante a sua estadia vai viver um conjunto de experiências que lhes muda a vida. É ainda a história do amor de um jovem pela cidade de Paris, e da ilusão, que quase todos partilhamos, de que a vida dos outros é sempre melhor do que a nossa. Meia-Noite em Paris é o postal de namorados de Allen à cidade da Luz, uma cidade que ele coloca, em estima, ao nível de Nova Iorque.

Loading...
Artigo Seguinte Next Post
Artigo anterior Previous Post
Publicidade
Publicidade
 
-->